PROCESSOS DE CANALIZAÇÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PROCESSOS DE CANALIZAÇÃO

Mensagem  neferis em Qua 07 Dez 2011, 10:26 pm


PREPARANDO-SE PARA CANALIZAR

1. Atraindo um Guia Elevado.

O primeiro encontro com o seu guia é um momento muito especial e é bom se preparar para esse acontecimento, como sendo algo muito especial. Esta é uma experiência única, diferente para cada pessoa. Mesmo para aqueles que já estão recebendo indícios da presença de um Guia, no momento em que ocorre a sintonia, quando os ajustes finais estão sendo feitos, antes da primeira conexão, esta já foi energizada antecipadamente.
A primeira entrada de um Guia em sua vida, pode acontecer de muitas formas. Pode ser que aconteça sob a supervisão ou direção de outro Guia elevado, fazendo contato você mesmo com o seu Guia, ou simplesmente pedindo por esse contato.
Outra forma de começar é pedir a um amigo que esteja ao seu lado, para que possa fazer perguntas, manter a focalização, acreditar em você, escutar e ajudar. Algumas pessoas acha m m ais fácil canalizar quando alguém precisa assistência, ou uma resposta a um problema, porque o desejo de ajudar os estimula a deixar atrás a hesitação sobre como falar ou estabelecer contato.

De qualquer forma, cedo ou tarde, você gostará de canalizar na presença de alguém, pelas perguntas que esta pessoa fará ao seu Guia, ou pelas informações adicionais sobre o nível e complexidade das informações apresentadas por ele. Se ambos, você e seu amigo compreenderem as informações do seu Guia, poderão avaliar como você está traduzindo as mensagens e assim, ajustar suas transmissões. O teu Guia pode decidir se as mensagens podem ser simplificadas, ou mais complexas e também se você precisa de informações adicionais.

2. O que esperar da primeira vez.

O contato de um Guia elevado é quase sempre suave, exceto quando, em raros casos, a vibração do seu Guia é dramaticamente diferente da sua. No geral, os Guias se aproximam e entram na sua aura de um modo tão suave, que você pode até duvidar de sua presença. Você pode até pensar: “Será que isso é coisa da minha imaginação?” Não tenha medo, nem fique preocupado, pois a maioria dos Guias costuma entrar suavemente, e quase sempre, seu transe é leve e sua consciência está sempre presente.
Há pessoas que começam a canalizar facilmente. Com um bom alinhamento dos caminhos energéticos entre você e seu Guia, é possível entrar em transe sem aquele longo período de transição, ou desconforto físico. Alguns precisam de mais tempo para entrar em transe já que precisam de mais tempo para acalmar a mente, focalizar-se nas suas energias e alinhar-se com o seu Guia. Outros poucos passam por agitações físicas, mas isso não é freqüente.
Tais sensações podem ser eliminadas quando você se abre e aprende a estar em um maior fluxo de energia. A sensação mais freqüente é de estrem ecim ento e calor. Essas são sensações que podem estar presentes no momento de entrada do seu Guia, mas desaparecem, conforme você continua a canalizar. Se você perceber algum desconforto, peça ajuda a seu Guia para abrir-se mais a sua energia.

Conforme você segue canalizando o seu Guia, com o tempo você será capaz de diferenciar a presença vibratória do teu guia, da sua própria vibração. Os guias possuem uma vibração além da escala normal de percepção, e pode demorar um pouco para perceber a diferença entre a vibração do seu Guia e a sua própria. Você poderá perceber mudanças sutis no seu corpo, na sua postura ou respiração. Você poderá observar uma mudança sutil no ritmo, velocidade ou tom da sua voz, enquanto canaliza. Alguns podem ter essas diferenças e outros não.
O seu guia vai reforçar essa conexão, ao comprovar que você possui a habilidade de se conectar com a energia dele. Pode ser que você se encontre recebendo sugestõ es de como aumentar a força da sua conexão. Sempre que canalizar, haverá uma ligação mais forte e profunda com o seu Guia. Para aumentar a sua percepção de seu Guia, você pode imaginar que se deixa envolver por um ser poderoso e cheio de amor, que te aceita totalmente, te protegendo e te cuidando. Continua pensando que o seu guia está aí, e eventualmente você será capaz de senti-lo, mais do que vê-lo através da imaginação.
A presença do seu Guia poderá ser sentida, sem que aconteça de uma forma definida. Alguns verão cores e luzes e outros poderão sentir como se estivessem flutuando no espaço. O mundo dos Guias é tão cheio de luz, que algumas vezes, quando as pessoas entram nele, sentem que estão cegas. É como sair de um quarto escuro, para um sol radiante. Os olhos terão que se acostumar, antes que você possa ver com claridade. Quando o primeiro acesso aos Reinos Elevados for alcançado, é normal que você esteja tão envolvido em todas ess as sensações, que sinta que é incapaz de trazer mensagens ou conselhos concretos. Ao perceber um mundo de vibração elevada, pode ser necessário certo tempo, até que você possa navegar neste mundo com naturalidade.

3. Aproximar-se do seu Guia requer habilidade de focalização e de concentração.

Se a mente se dispersa, você perderá a conexão. Até que a sua mente possa, com facilidade, segurar o nível necessário de focalização, você terá que depender da sua determinação para manter uma conexão firme e sólida, além de manter a atenção na mensagem que o seu Guia está enviando. Você terá que deixar ir embora os pensamentos intrusos que apareçam. Podemos descrever esse processo como um estado de intensa escuta interior.
Quando você adquirir mais habilidade, será capaz de vivenciar ao mesmo tempo os seus pensamentos e as mensagens do seu Guia, mas no começo a informação pode pare cer confusa. Você pode sentir que está “na ponta da língua”, mas não sai. Nesse caso, siga em frente com a próxima idéia que lhe venha à mente e você descobrirá que a idéia inicial é esclarecida, enquanto fala sobre outras coisas.
Quando chegam as primeiras palavras até você, fale antes que as seguintes fluam. Pode que você ache isso arriscado, já que quando você fala normalmente, você sabe de antemão o que irá dizer. Por isso quando canalizar pela primeira vez, pode acontecer que se sinta ridículo, ou pense que está trazendo informações sem nexo. Não desista. Siga em frente, confie e brinque como uma criança. Abra-se à experiência. Se a transmissão chega até você muito rápida ou devagar, peça ao seu Guia que ajuste o passo. Pode ser que alguma vez, se sinta inundado de informações e te resultará muito difícil expressar todas. Se você estiver vendo partes, ou peças do que lhe parece um detalhe não contado, escolha uma área que ma is lhe interesse, e comece desde aí.

No começo, nem sempre é obvio, pela informação recebida, que o Guia pertence a esferas elevadas. Para ter certeza, você tem que saber que na presença de um Guia elevado, sempre haverá uma sensação de elevação, boa, positiva e agradável. Os Guias costumam estimular certas partes do nosso cérebro e no começo, eles não têm muita habilidade para trabalhar com você. A conexão requer um pouco de tempo para se formar. Por isso, suas primeiras palavras podem não refletir com precisão as impressões enviadas pelo seu Guia. Por isso, nessa fase de “aproximação”, como qualquer outra aprendizagem, muitas dúvidas podem surgir. Mas você deve saber que isso é normal.

4- A canalização é acompanhada de uma percepção elevada e sentimentos de bem-estar.

Existe um período inicial de experimentação, que podemos definir como “tentativas e erros”. Nes sa f ase, o Guia vai explorar como transmitir, através de você, com maior claridade. Há muitas formas de passar as suas mensagens para a nossa consciência, e eles escolhem o caminho de menor resistência. Quanto mais confortável você estiver, mais bem sucedido será o teu Guia, ao imprimir a sua mensagem. Se a informação e o seu significado estão longe de você, pode ser que o seu Guia não esteja se comunicando pelo caminho mais direto. Você e o seu Guia podem alcançar uma grande semelhança de pensamentos e idéias. Muitas vezes você sentirá que está agindo em unidade com o seu Guia. Conforme você atinge essa sintonia e harmonia com o seu Guia, mais fino se tornará o véu entre as suas dimensões. Então, você se surpreenderá sendo capaz de ver e compreender muitas coisas novas.


5. As pessoas podem canalizar com muito mais facilidade do que esperam.

A maior parte dos canalizadores comenta: “é mais fácil do que eu pensei”. Por isso, permita que seja fácil. Seu maior desafio será deixar-se levar por esse fluxo, sem interrompê-lo, para se perguntar se realmente você está canalizando, ou se somente está inventado tudo. A sabedoria das informações que chegam, lhe deixarão surpreso. Enquanto fala, você estará coberto pela presença de uma vibração mais elevada. Não procure mensagens obscuras, vagas ou críticas, já que você não está procurando informações enterradas.
Mesmo pensando que a informação obtida é bastante obvia, você deve dizê-la, porque algumas vezes, é o melhor a ser dito. Enquanto estiver no espaço de um Ser de Luz, a verdade sempre será obvia e muito simples. Fique ciente de que quando começar a canalizar, nem sempre você conseguirá transmitir uma mensagem verbalmente. Seu Guia pode estar trabalhando com você em um nível de energia expandido, abrindo e preparando você para a próxima etapa do seu desenvolvimento . Inc lusive pode ser que você receba instruções desde o seu interior, ou através de um quadro mental.

Em algum momento depois que começou a canalizar, faça a seguinte experiência, antes de chamar o seu Guia: faça uma pergunta e grave a resposta que chegar até a sua mente. Então, chame o seu Guia e faça a mesma pergunta. Quase sempre você terá uma resposta diferente, com mais amor e mais expandida, com uma nova visão do tema. Mesmo que o seu Guia ofereça a mesma resposta, você irá notar alguma diferença na versão dele.
É particularmente importante no começo, gravar tudo o que você disser. Há muitas razões para fazê-lo. Vai lhe ajudar a compreender os estágios do seu progresso. Lhe capacitará a voltar atrás e reconhecer a sabedoria do que você trouxe. Também, ao gravar suas palavras, elas se tornam parte da sua realidade. Vão ajudar você a alcançar uma maior sabedoria no plano físico. Sempre que gravar as suas palavras ou escrever, u m pa sso maior será dado para que se manifestem.


6. Seu Guia está sempre presente quando você chama.

As pessoas costumam perguntar “Por que o meu guia está sempre presente quando o chamo?” Os Guias existem em um mundo além do tempo e espaço. E quando se comprometem a trabalhar com você, já estão conscientes de como irá se desenvolver o trabalho dos dois juntos.
Se você mudar de idéia, então o quadro também muda. Mas, a todo momento, eles têm um quadro completo e saberão tudo sobre o trabalho com você, no momento que desejar. Eles não sentem o tempo entre as sessões de trabalhos como você. Na percepção dos Guias, não há começo nem fim, somente um fio contínuo, que consiste em “nosso tempo juntos”. Quando você entra em transe, uma parte do seu Guia entra novamente no seu universo. Aquela parte do seu Guia não conhece o tempo linear e está consciente da última vez que estiver am ju ntos. Os Guias têm uma consciência muito mais vasta que a nossa e podem lidar com muitas coisas ao mesmo tempo. A conexão do seu Guia com você, utiliza apenas uma pequena parte da sua consciência total. Parte do seu compromisso conosco, reside em manter um canal firme e claro, todas as vezes que você o invocar.


7. Sua alma, ou um Guia?

As pessoas geralmente procuram explicações sobre o processo de canalização, quando começam a canalizar. Se perguntam se chegam a uma parte delas mesmas, ou se a sabedoria que recebem vem de um Guia. Algumas pessoas quando canalizam, vivenciam os seus Guias como entidades separadas. Outras, sentem que se conectam com o seu Eu Maior, ou com sua alma. Examinemos estas percepções.
Talvez você comece a imaginar o que se sente ao canalizar a sua alma, ao invés de um Guia elevado. Muitos de vocês não têm conhecimento de como é sentir a sua alma, e por isso é difíci l saber a diferença entre os pensamentos da sua alma e os impulsos-pensamentos de um Guia. Vamos conceituar a sua alma, como a parte mais importante de você mesmo, que existe fora de esta dimensão, que continua vivendo mesmo depois que você morre, e que se lembra de todas as suas vidas anteriores. Aquela parte que escolhe a sua próxima vida, as oportunidades de crescimento que você irá ter, e assim por diante.

Se você não tiver consciência dessas diferenças sutis, será difícil determinar, no plano da experiência, se você está canalizando a um Guia, ou trazendo - através da luz da tua alma - a voz da tua própria alma. Mas não se preocupe por isso. O tempo e a prática trarão a segurança de poder discernir entre ambas.

8. Toda canalização é feita através da sua alma.

Antes que os Guias possam falar através de você, eles têm que obter a anuência da sua alma. Eles irradiam prim eiro par a a alma e então, ela envia a mensagem para a mente. Estando ou não consciente desse processo, saiba que é assim que funciona. De qualquer modo, a comunicação contém a impressão da sua alma. E porque as mensagens vêm através dela, haverá uma sensação de que a mensagem lhe é familiar.
Se você procurar uma prova de que efetivamente está canalizando a um Guia, e não o seu Eu Maior, pode ser que você não a encontre. O que pode representar uma prova, é diferente para cada pessoa. Você pode sentir que trouxe uma informação que não veio de você. Ou, surpreendentemente, tornar-se mais preciso em suas visões e predições. Essa pode ser uma prova para você e não para demais.
Com certeza você chegará a suas próprias conclusões, por você mesmo. Alguns dirão que é o Eu Maior, ou a sua alma, que está falando. Outros poderão sentir com segurança que é um Guia elevado. Se você já tiver o nome do seu Guia, e sentir que é um Guia o que fala através de você, confie nisso.
Talvez haja a sensação que é a sua alma e não um Guia. Algumas vezes pode ser que seja a tua alma que está falando. É certo que você canalize o seu Eu Superior, já que você é um ser muito sábio e lindo. A sabedoria da sua alma é muito maior do que você pode imaginar, ou que você se permite conhecer. A sabedoria dos níveis mais elevados da sua alma pode ser tão profunda, como a de um Guia.

9. CONHECENDO O SEU GUIA

Algumas pessoas obtêm de imediato o nome do seu Guia. Outras podem receber sons ou letras, que mais tarde formarão um nome. Outras ainda, colocam tanto interesse em obter o nome “correto”, que acabam confundidas. Somente mais tarde, quando se relaxam, é quando conseguem. Os guias não estão preocupados com “nomes corretos” e não lhe dão tanta importância, como nós o fazemos. Muitos acreditam que o nome mudou, ou que se alterou um pouco n os dias seguintes a canalização, até que tenham um nome que lhes pareça bom e que se adapte.

Os Guias costumam dizer que saber o seu nome através do seu próprio Guia e não do Guia de outra pessoa, fortalece a sua ligação com ele. Não fique limitado à idéia de que é importante receber o nome na primeira vez. Lembre-se que no seu reino, eles se conhecem pelo padrão energético de cada um e por isso, têm que procurar um nome que melhor se adapte a sua energia - que inclusive podem ser nomes que levaram em outras vidas.
Tem pessoas que pensam que conseguindo a primeira letra ou som do nome, poderão trabalhar somente com isso, até que encontrem a combinação correta entre som e letras. Outras vezes, quando estão lendo algo, encontram um nome e “sabem” com segurança, que esse é o nome do seu Guia. Algumas pessoas tiveram muitos nomes e muitos Guias e são conhecidos como canais múltiplos. De qualquer forma, o nome do seu Guia sempre te rá um si gnificado muito especial para você.





OUTRAS INSTRUÇÕES CONTINUA NO LINK ABAIXO.
http://abrindoseacanalizar.blogspot.com/search?updated-min=2010-11-01T00:00:00%2B01:00&updated-max=2010-12-01T00:00:00%2B01:00&max-results=1

avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCESSOS DE CANALIZAÇÃO

Mensagem  Estel em Qui 08 Dez 2011, 7:49 am

Interessante texto, irmãzinha.

Eu tenho curiosidade sobre o assunto, mas não é um pouco perigoso?

Como eu vou saber que é um guia amoroso que estou invocando e não um ser mau intencionado?

Como saber a diferença?


Abraços,
Estel.


Estel

Mensagens : 70
Data de inscrição : 10/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCESSOS DE CANALIZAÇÃO

Mensagem  neferis em Qui 08 Dez 2011, 10:17 pm


Estel postou:
Interessante texto, irmãzinha.
Eu tenho curiosidade sobre o assunto, mas não é um pouco perigoso?
Como eu vou saber que é um guia amoroso que estou invocando e não um ser mau intencionado?
Como saber a diferença?

Olá Estel Querida. Este é um tema muito interessante. Vou apenas expressar minha opinião. A cerca de "guias" chamo à todos de "energias".
Ninguém se engana quanto a procedencia de uma ENERGIA. Podemos ficar confusa de certa forma ante a proximação uma entidade qualquer, mas com "Amor" de nossos corações as recebemos, quem não está na qualificação do mesmo padrão que o nosso não consegue permanecer a volta.
Repelimos ou atraimos nossa propria qualidade de força. O outro, seja lá o que for, é uma extensão de meu próprio padrão mental. Deu pra entender?
Não tenha receio, medo ou desconfiança, apenas AME.
Assim voce estará sempre protegida, incondicionalmente e de modo sempre permanente.
Que a Luz do Mundo irradie mais e mais em teu coração a paz e o amor de Cristo.

Neferis


avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PROCESSOS DE CANALIZAÇÃO

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum