ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Qui 18 Nov 2010, 9:13 am



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:28 pm, editado 6 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA - FICÇAO VIRA REALIDADE

Mensagem  Convidad em Qui 18 Nov 2010, 1:24 pm

Isso nos dá o que pensar!! poderia mesmo...os seres humanos sobreviverem em Marte? Rolling Eyes I love you Question Arrow

W.Â.M. escreveu:04/11/2010 - 08h05

Cientistas dão mais um passo para criar efeito da invisibilidade

Cientistas da Universidade de St. Andrews, no Reino Unido, anunciaram a criação de um material chamado Metaflex, que dá mais um passo à fabricação de tecidos que permitam criar o efeito da invisibilidade dos objetos...

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/825267-cientistas-dao-mais-um-passo-para-criar-efeito-da-invisibilidade.shtml

15/11/2010 - 09h48

Para baratear custo, cientistas propõem colonização e viagem a Marte sem volta

Uma viagem a Marte com um único bilhete de viagem: o de ida. Essa é a basicamente a ideia defendida por dois cientistas no artigo "To Boldly Go" (algo como "viagem audaciosa"). A dupla diz que as viagens com tripulação humana para Marte seriam mais rápidas e econômicas se as missões não incluíssem o retorno dos astronautas...

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/830752-para-baratear-custo-cientistas-propoem-colonizacao-e-viagem-a-marte-sem-volta.shtml
Cientistas descobrem buraco negro de apenas 30 anos
Publicação: 16/11/2010 17:33

Os astrofísicos acreditam que o buraco é o remanescente de uma estrela em explosão quase 20 vezes maior que o Sol
WASHINGTON - Astrofísicos descobriram o buraco negro mais jovem já registrado, que teria apenas 30 anos, após observações com o telescópio espacial Chandra, anunciou a Nasa nesta segunda-feira...


Os astrofísicos acreditam que o buraco é o remanescente de uma estrela em explosão quase 20 vezes maior que o Sol

http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2010/11/16/interna_tecnologia,192773/cientistas-descobrem-buraco-negro-de-apenas-30-anos.shtml

18/11/2010 - 08h00

Grupo de físicos com brasileiros captura átomo de antimatéria

Esta parece saída da ficção científica. Um grupo internacional de cientistas, incluindo brasileiros, conseguiu pela primeira vez produzir e capturar átomos inteiros feitos de antimatéria. Local do feito: o Cern (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear).

Apenas um punhado de anti-hidrogênio, é verdade, mas o suficiente para entreabrir uma porta que pode levar a resultados um bocado importantes na física...

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/832381-grupo-de-fisicos-com-brasileiros-captura-atomo-de-antimateria.shtml

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Qui 18 Nov 2010, 10:38 pm



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:32 pm, editado 2 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Sex 19 Nov 2010, 11:11 am

Olá Raio de Luar!

Já vi vários programas na net sob um possível colonização do ser humano em outros planetas, outro dia eu vi algo como uma abóbada artificial e dentro dela experiências com plantas e animais, para sobreviverem em outros planetas, tipo aquelas que aparecem em filmes de ficção, os cientistas também estão estudando microorganismos aqui da terra mesmo que suportam adversidades consideradas extremas para nós humanos.

Um ótimo final de semana!



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:29 pm, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Sex 19 Nov 2010, 11:15 am

A colonização de Marte

Marte deverá ser o próximo astro, depois da Lua, a ser colonizado pelo homem.
A colonização de Marte
Por Ronaldo Rogério de Freitas Mourão

Parece evidente que, após a Lua, Marte será o segundo astro que o homem irá colonizar.

Trata-se do planeta mais habitável: a gravidade é inferior à terrestre, os dias duram 30 minutos mais do que os nossos, existe grande quantidade de água estocada nas calotas polares e talvez no subsolo.

Apesar do frio e da atmosfera muito tênue e rica em gás carbônico, será perfeitamente possível lá viver e trabalhar.

A conquista de Marte deverá ocorrer nos primeiros decênios do século XXI, paralelamente aos grandes projetos de industrialização das regiões vizinhas à Terra: nas estações espaciais; com a instalação das primeiras bases de mineração e industrialização dos recursos naturais da Lua e de alguns asteróides; e a instalação das indústrias mais poluentes em órbita, poupando assim a atmosfera terrestre.

Com as naves espaciais existentes atualmente, estima-se que as primeiras viagens a Marte deverão durar pelo menos três anos - seis meses de ida e dois anos e meio de regresso.

A mecânica celeste é a responsável por este longo intervalo de tempo.

Com efeito, na ida o veículo ganha tempo em virtude da velocidade da Terra em sua órbita ao redor do Sol ser duas vezes mais rápida que a de Marte.

Assim, durante a volta a nave será obrigada a percorrer uma revolução e meia ao redor do Sol para alcançar a Terra. A primeira nave, ou veículo interplanetário, será constituída de três módulos idênticos, montados como os raios de uma estrela.

Esse conjunto ao girar em torno de seu eixo vai criar uma gravidade artificial, um terço da terrestre. Nas proximidades do planeta, essas três naves se separam, acionando seus pára-quedas, ao penetrar na atmosfera marciana.

Durante o pouso, os motores serão usados como retrofoguetes.

A primeira base em Marte deverá ser constituída de módulos semelhantes ao laboratório espacial (space-lab), que servirão de alojamento; uma central de energia solar fornecerá a eletricidade para a eletrólise da atmosfera, com o objetivo de produzir o combustível necessário ao regresso das naves; um módulo de desumidificação da atmosfera, instalado junto à base, produzirá água necessária à vida; e uma unidade de hidrocultura permitirá o cultivo de plantas.

O planejamento das etapas da colonização do planeta vermelho já está bem detalhado.

O veículo interplanetário será construído em órbita terrestre, na estação espacial internacional.

Simultaneamente, uma nave cargueira não tripulada será lançada em direção a Marte com equipamentos necessários para a instalação da primeira base marciana.

Quando a nave tripulada estiver a caminho, uma segunda estará sendo montada na estação espacial para que haja um revezamento do pessoal que partiu primeiro.

Assim, oito dos doze astronautas que haviam permanecido em Marte durante dois anos embarcam nas naves cujos reservatórios de combustível foram recarregados no próprio planeta, e voltam para a Terra.

Os quatro que ficaram em Marte deverão preparar a ampliação da base marciana com a segunda equipe.

Desse modo, de dois em dois anos, a instalação original será ampliada até que veículos maiores desembarquem no planeta para deixar um maior contingente de homens, mulheres e material.

Desse momento em diante, poderá se falar de uma colonização humana de Marte. Nos séculos vindouros, será a vez do sistema solar. Gradualmente, o homem deixará de ser o atual prisioneiro da Terra para se transformar num verdadeiro habitante de todo o seu sistema planetário.

O astrônomo Ronaldo Rogério de Freitas Mourão é diretor do Museu de Astronomia e Ciências Afins do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA - FICÇAO VIRA REALIDADE

Mensagem  Convidad em Sex 19 Nov 2010, 12:45 pm

Sabe o que que é meu querido!! eu fico com receio de parecer louca ao falar isso para alguém...então só estava esperando você responder para me sentir mais confortada com essa questão.
Só que falar isso no meio em que vivo nem pensar...porque são espíritos ainda caminhando para um entendimento.
É cada macaco no seu galho hehehe.
Grat
a!
Raios de Luz.



W.Â.M. escreveu:Olá Raio de Luar!

Já vi vários programas na net sob um possível colonização do ser humano em outros planetas, outro dia eu vi algo como uma abóbada artificial e dentro dela experiências com plantas e animais, para sobreviverem em outros planetas, tipo aquelas que aparecem em filmes de ficção, os cientistas também estão estudando microorganismos aqui da terra mesmo que suportam adversidades consideradas extremas para nós humanos.

Desde de criança tenho na cabeça a idéia que é possível o ser humano colonizar outros planetas, o que atrapalha muito no momento é o transporte, se o transporte fosse mais rápido tornaria mais fácil.

Também era ficção raio laser e outras coisas mais e hoje está ai e é realidade, mas em alguns casos a ciência me surpreende com descobetas que nem imaginei.

Vou colocar alguma coisa aqui neste tópico para ver onde a ciência está chegando.

Um ótimo final de semana!

flower I love you Arrow

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Sex 26 Nov 2010, 10:15 am



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:32 pm, editado 2 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Sex 26 Nov 2010, 10:21 am

26/11/2010 - 09h06 - Sonda espacial confirma "ar" com oxigênio em lua de Saturno

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/836526-sonda-espacial-confirma-ar-com-oxigenio-em-lua-de-saturno.shtml


Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:22 pm, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Qui 02 Dez 2010, 12:10 am



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:33 pm, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Qui 02 Dez 2010, 10:36 am

01/12/2010 - 16h12 - Cientistas observam atmosfera de Super-Terra

Pela primeira vez na história, um grupo de astrônomos conseguiu colher informações sobre a atmosfera de um planeta fora do Sistema Solar que entra na categoria das chamadas Super-Terras. É o mais perto que conseguimos chegar até agora de analisar o ar de um análogo de nosso próprio mundo...

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/839123-cientistas-observam-atmosfera-de-super-terra.shtml


Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:21 pm, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Qui 02 Dez 2010, 7:11 pm



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:33 pm, editado 2 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Seg 06 Dez 2010, 12:24 pm

Astrofísico sugere que "raios em bola" podem ser explicação para óvnis

http://www1.folha.uol.com.br/bbc/838965-astrofisico-sugere-que-raios-em-bola-podem-ser-explicacao-para-ovnis.shtml


Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:34 pm, editado 3 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Ter 07 Dez 2010, 11:17 pm



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:30 pm, editado 3 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Qua 08 Dez 2010, 1:56 pm

Recentemente, os cientistas relataram que há três vezes mais estrelas do que se pensava antes.

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/842475-faltam-provas-para-indicios-extraterrestres-encontrados-diariamente-diz-meio-cientifico.shtml



Última edição por W.Â.M. em Dom 12 Dez 2010, 10:31 pm, editado 2 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Buscador em Qua 08 Dez 2010, 10:34 pm

Diciembre 8, 2010
Lo accesorio sigue el régimen de lo principal



Una nave espacial de EU regresa de su secreta y misteriosa misión

Una de las misiones más secretas y misteriosas del Ejército de los Estados Unidos acaba de concluir. La pequeña nave espacial X-37B, conocida como «Baby-shuttle», ha regresado a la Tierra después de pasar nueve meses en el espacio con una misión desconocida.

La Fuerza Aérea de Estados Unidos se ha esforzado por mantener en secreto los objetivos de la misión del aparato, que muchos han relacionado con el espionaje, pero no pudo guardar a buen recaudo las coordenadas de su posición.

El avión no tripulado fue descubierto en el cielo en varias ocasiones por astrónomos aficionados, quienes no dudaron en hacer públicas las coordenadas. Internet se llenó de fotografías y vídeos del aparato, lo que supuso un golpe al orgullo del Pentágono.

El vehículo, lanzado desde Cabo Cañaveral el pasado mes de abril aterrizó el viernes en la base aérea Vandenberg, en California. El proyecto fue iniciado por la NASA a finales de 1990, pero luego quedó en manos de los militares.

En un principio, estaba diseñado para probar las tecnologías destinadas a las naves espaciales de nueva generación, pero tanto secretismo por parte del Pentágono desató los rumores sobre su auténtica misión.

Bloqueo informativo

La Fuerza Aérea impuso un bloqueo informativo sobre las actividades del X-37B en órbita, pero fue seguido por observadores amateurs. La nave parece un transbordador espacial, con una forma similar y una bodega para la carga y experimentos, pero sus medidas son muy diferentes. No llega a los 9 metros de largo y tiene 4,5 de envergadura, frente a los 37 por 23,8 meros de los transbordadores habituales. Además, a diferencia de estos últimos, que solo pueden permanecer en órbita dos semanas, el «Baby-shuttle» es capaz de pasar nueve meses ahí arriba y aterrizar de forma automática en una pista.

Ha pasado nueve meses en el espacio sin que el Pentágono haya dado explicaciones


"el día después de mañana", es hoy

Kristen Neiling @
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
Copyright 2010

avatar
Buscador

Mensagens : 273
Data de inscrição : 05/11/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  neferis em Ter 11 Jan 2011, 6:20 pm

Tabela completa com todas as 88 constelações em ordem alfabética segundo o nome em latim. Além das abreviações e dos nomes em latim e português, mostramos algumas informações adicionais , como tamanho e número de estrelas para cada constelação.
http://www.cosmobrain.com.br/res/constelacoes.html
avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cientistas europeus desenvolvem rede de computadores exclusiva para robôs

Mensagem  neferis em Qui 03 Fev 2011, 10:20 pm

Interessante essa matéria.
Boa para reflexão.
Paz para todos.
Neferis.

Em um movimento que lembra os eventos iniciais do apocalipse robótico retratado na série de filmes O Exterminador do Futuro, cientistas europeus desenvolveram a primeira rede global destinada exclusivamente aos robôs.


Na série, militares desenvolvem a SkyNet, uma intrincada rede de máquinas que usam inteligência artificial para se comunicar e se desenvolver sem a necessidade de intervenção humana. O resultado é que as máquinas acabam decidindo que, já que os humanos são inúteis, devem ser destruídos.


Claro que tudo isso vai continuar no campo da ficção, mas a iniciativa dos europeus, batizada de RoboEarth, não se distancia muito do SkyNet.


A rede, que ganhou o carinhoso apelido de “Rede Mundial de Computadores para robôs”, foi desenhada para permitir que os nossos amigos artificiais aprendam com as experiências um dos outros, permitindo que eles realizem tarefas para as quais eles não tinham sido programados inicialmente.


Uma vez ligado à rede, o robô a alimenta com informações coletadas por ele envolvendo reconhecimento de objetos, navegação e tarefas. Essas informações podem ser acessadas a qualquer momento por outros robôs conectados à rede. O resultado é que os robôs passam a aprender novos truques sem nenhuma intervenção humana.


A rede já ensinou pelo menos um robô, o AMIGO, da empresa TechUnited, a entregar suco de frutas para um cientista, tarefa que está anos-luz distante de possibilitar o controle de armamentos nucleares. Mas eles aprendem rápido...

Fonte: Engadget
http://tecnologia.br.msn.com/noticias/artigo.aspx?cp-documentid=27528262

avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Sex 04 Fev 2011, 8:53 am

03/02/2011 - 12h08 - Telescópio espacial descobre novo e estranho sistema solar

Astrônomos localizaram um estranho novo sistema solar, com pequenos planetas "inchados" e amontoados em órbitas próximas à sua estrela...


Ilustração artística de seis planetas pequenos que orbitam estrela similar ao Sol

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/870104-telescopio-espacial-descobre-novo-e-estranho-sistema-solar.shtml


Olá a Todos!

O interessante destas notícias sobre as descobertas de planetas fora do sistema solar, que isto era ficção até pouco tempo atrás, embora os estudiosos do esoterismo já terem afirmado isto muito antes da Astronomia, só há pouco tempo a ciência começou a provar cientificamente a existência deles.

Um ótimo final de semana!






Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

BUEMBA... BUEEEEEMBA....... HUMM, SERÁ MESMO?

Mensagem  o-panka em Qui 17 Fev 2011, 10:38 am

Cientistas do SETI captam possível sinal de Inteligência Extraterrestre

Por Helmy J. Galindo
17 de fevereiro de 2011


No dia 6 de fevereiro de 2011, cientistas e pesquisadores envolvidos no projeto SETI de busca por vida extraterrestre, captaram um sinal que pode ter vindo de alguma forma de Inteligência Extraterrestre.



A imagem mostra a comparação entre sinais GPS tradicionais e o sinal recebido no dia 6 chamado de QRM 1420.477. O Eixo horizontal é a frequência e o vertical o tempo.

Ninguém sabe realmente o que causou o sinal. Ele pode realmente ter sido originado por alguma civilização alienígena mas também pode ter sido criado por alguma modulação inusitada entre algum satélite GPS e uma fonte não identificada na Terra.

Muitos sinais incomuns vindos do espaço não são identificados. Nenhum sinal ainda foi suficientemente forte durou tempo suficiente para ser claramente identificados como provenientes de uma inteligência extraterrestre.

Fonte: http://apod.nasa.gov/apod/ap110206.html
Última Atualização ( 17 de fevereiro de 2011 )


http://www.cubbrasil.net/index.php?option=com_content&task=view&id=4364&Itemid=106

avatar
o-panka

Mensagens : 11
Data de inscrição : 22/12/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Buscador em Seg 21 Fev 2011, 4:40 pm

Tyche: Cientistas tentam provar planeta gigante no Sistema Solar


Em 1999, uma dupla de pesquisadores constatou que diversos cometas observados apresentavam fortes desvios em relação às órbitas calculadas. Segundo eles, isso seria provocado pela atração gravitacional de um planeta quatro vezes maior que Júpiter, escondido dentro do Sistema Solar. Eles batizaram esse grande objeto de Tyche.



Na ocasião, John Matese e Daniel Whitmire, ligados à Universidade de Lousiana-Lafayette, publicaram um artigo propondo que somente a presença de um objeto de grande massa no interior da nuvem de Oort - uma hipotética região circular localizada a quase um ano-luz do Sol - poderia explicar as anomalias observadas no caminho dos cometas provenientes daquele local.

Segundo os cientistas, devido ao brilho muito tênue e temperatura muito baixa, a existência de Tyche só poderia ser comprovada através de imagens no espectro infravermelho que registrassem aquela região específica e apostaram suas fichas nas imagens que seriam geradas pelo telescópio espacial WISE, a ser lançado em 2009.

Recentemente, devido à divulgação de parte de dados do telescópio WISE, a teoria de Matese e Whitmire voltou a ser alvo de especulações, já que a agência espacial americana, NASA, confirmou que a primeira parte dos dados coletados será divulgada em abril de 2011 e a segunda etapa em março de 2012.

"Existem fortes evidências de que existe um grande objeto naquela região", disse Mantese. "O padrão de desvio na órbita de alguns cometas persiste. É possível que seja apenas uma casualidade estatística, mas essa probabilidade diminuiu à medida que temos mais dados acumulados nos últimos 10 anos", disse o cientista.

Mantese explica que a quantidade de dados gerados pelo telescópio é imensa e que "garimpar" o banco de dados pode levar bastante tempo. "Não temos uma previsão ao certo. Talvez dois ou três anos até encontrarmos alguma coisa, mas se o objeto realmente estiver ali, vamos achá-lo."

Caso Tyche realmente exista, de acordo com a dupla de astrofísicos ele se localizaria a 2.25 trilhões de quilômetros de distância. Seria um objeto gasoso e teria um período de translação ao redor de 1.7 milhão de anos.

Corrente Contrária
Apesar de Matese e Whitmire estarem bastante confiantes na localização do hipotético planeta, nem todos os astrofísicos concordam com a teoria.

"Entendo que o novo trabalho esteja sustentado em muito mais dados que antigamente, mas baseado no trabalho anterior acredito que as estatísticas estão incorretas", disse Hal Levison, cientista planetário ligado ao Instituto de Pesquisas do Sudoeste, no Colorado e autor de recente estudo publicado sobre a nuvem de Oort.

No entender de Levison, o que Matese e Whitmire estão vendo é um sinal muito sutil. "Não tenho certeza que esse desvio nas estatísticas seja significativo e provocado por um planeta com quatro vezes a massa de Júpiter. Não tenho nada contra a ideia, mas acredito que as estatísticas não estão sendo feitas corretamente", disse o astrofísico.

Outro cientista que se contrapõe aos argumentos a favor da existência de Tyche é Matthew Holman, pesquisador do Instituo Harvard Smithsonian de Astrofísica, que estuda há muitos anos os cometas vindos da nuvem de Oort.

"Já encontrei várias assinaturas de perturbações orbitais naquela região, mas isso não é suficiente para afirmar que existe um objeto de grandes dimensões capaz de afetar a órbita dos cometas na nuvem de Oort", disse Holman.


Nêmesis
Em 1980, pesquisadores estadunidenses passaram a especular sobre a possibilidade do Sol ter uma companheira, o que tornaria o Sistema Solar um sistema binário de estrelas. Essa hipotética companheira foi batizada de Nêmesis.

De acordo com a hipótese, Nêmesis seria uma estrela anã marrom, pequena e escura, com órbita centenas ou milhares de vezes mais distante que a de Plutão e levaria pelo menos 26 milhões de anos para completar uma revolução ao redor do Sol. No entanto, a ausência de um campo gravitacional que marcasse sua presença fez com que sua possibilidade permanecesse apenas teórica.

Em novembro de 2003, a descoberta do planeta-anão Sedna fez a hipótese da existência de Nêmesis ganhar fôlego. Segundo Mike Brown, descobridor do planeta-anão, Sedna está onde não deveria e não há como explicar sua órbita. No entender de Brown, Sedna nunca está próximo o suficiente para ser afetado pelo Sol e também nunca está longe o bastante para ser influenciado por outras estrelas.

Esses fatos reforçaram ainda mais a hipótese da existência de Nêmesis, que teria entre 3 e 5 massas jupterianas. Com esse tamanho, Nêmesis também não seria observável no espectro visível, mas brilharia intensamente no comprimento de onda do infravermelho e seria possivelmente detectável pelo telescópio espacial Wise.

Lançado em dezembro de 2009 com o objetivo de mapear 99% do céu no espectro infravermelho, o telescópio já fez inúmeras descobertas de objetos celestes, entre eles 20 novos cometas.

Durante a missão, o telescópio produziu nada menos que 1.5 milhões de imagens que agora serão estudadas minuciosamente. Se a hipótese de Matese e Whitmire estiver correta, Júpiter perderá seu posto de maior planeta do Sistema Solar e o Sol poderá não será mais uma estrela solitária.


Arte: localização da Nuvem de Oort dentro do Sistema Solar. Caso Tyche realmente exista, ele se localizaria a 2.25 trilhões de quilômetros do Sol. Seria um objeto gasoso e levaria cerca de 1.7 milhão anos para completar uma revolução ao redor do Sol. Crédito: Southwest Research Institute/Apolo11.com

Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:
Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Tyche_Cientistas_tentam_provar_planeta_gigante_no_Sistema_Solar&posic=dat_20110221-074433.inc
avatar
Buscador

Mensagens : 273
Data de inscrição : 05/11/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Convidad em Sex 08 Abr 2011, 12:49 pm

8/04/2011 - 11h16
Asteroide com 400 m de diâmetro passa pela Terra em novembro

Um asteroide com 400 metros de diâmetro vai passar perto da Terra no início de novembro, provavelmente no dia 8, segundo previsões iniciais.

"A aproximação com a Terra do asteroide 2005 YU55 é incomum pela curta distância e pelo seu tamanho. Em média, ningúem esperaria que um objeto deste porte passasse tão perto em 30 anos", comenta Don Yeomans, da Nasa.

Pela sua dimensão e trajetória próxima à Terra, o 2005 YU55 entrou para a lista de asteroides "potencialmente perigosos" na definição do centro planetário de Cambridge, em Massachusetts, noticia o site www.space.com.

Os cientistas, entretanto, estão ansiosos com a notícia, vista como uma "oportunidade única". "Em um sentido real, fornecerá uma resolução de imagem comparável ou até melhor do que um missão de uma nave espacial', diz Lance Benner, pesquisador do JPL (Laboratório de Jato de Propulsão) da Nasa.

Segundo estimativas, a rocha espacial estará a 0.85 distância lunar --menos que os cerca de 384 mil quilômetros que separam a Terra da Lua.

A passagem do asteroide, identificado pela primeira vez em 28 de dezembro de 2005, mobilizará um programa extenso de observações por radar, raios infravermelhos e a olho nu.


Imagem de radar do asteroide 2005 YU55, que vai se aproximar da Terra na data provável de 8 de novembro

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/900018-asteroide-com-400-m-de-diametro-passa-pela-terra-em-novembro.shtml

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  neferis em Seg 11 Abr 2011, 6:03 pm

Interessante WAN. Isso vem de encontro com a visão que tive de um asteroide no espaço.
Falei para alguns amigos.
Parecia ter em sua composição algo de ferro a algumas semanas atrás.
Paz para todos.
Neferis
avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  neferis em Seg 27 Jun 2011, 11:33 pm

Batalha pelos Registros Atlantes sob a Esfinge

Levem as guerras das pirâmides para as Nações Unidas

Krsanna Duran


Krsanna Duran - P.O. BOX 368 SOAP LAKE, WA 98851
FONE (509) 246-0147

Em tempos normais, a maioria das pessoas ficaria surpresa em ouvir que foram descobertas câmaras sob a Esfinge, e teria esperança de encontrar pelo menos uma pista da marcha da humanidade desde caçadores que viviam em cavernas até civilizações inconscientes que são agressivas (com pouca luz). Mas estes são tempos extraordinários, de armas recém-criadas de emissão eletromagnética e microondas. A descoberta de câmaras embaixo da mais antiga escultura do mundo desencadeou uma luta pela dominação entre os governos mundiais, alguns indivíduos e os poderes ocultos da Terra.

Numa economia impulsionada pelo avanço tecnológico e na qual se observa uma excessiva confiança nas condições existentes, o anseio de dominação tecnológica e a crença na estabilidade dos sistemas em vigor inspiraram a intriga e o engano. A advertência do presidente Eisenhower de que o complexo industrial-militar representava a mais grave ameaça para o modo de vida norte-americano se realizou a partir de níveis tão diferentes e desconectados quanto os conselhos de diretores e as gangues de rua.

As tramas em andamento pela captura da antiga tecnologia atingiram um nível mais alto em 1993, quando foi descoberta uma passagem escondida na Grande Pirâmide. Usando um robô designado como UPUAT2, o engenheiro alemão Rudolf Gantenbrink descobriu que um conduto de ar na Câmara da Rainha terminava abruptamente, em vez de prosseguir até a superfície da pirâmide. Fotografias tiradas pelo UPUAT2 revelaram eletrodos de metal de alta tecnologia instalados numa porta do conduto, no mínimo há 4 mil anos. Com isso, foi rompido o verniz de silêncio místico que recobre a realidade factual de que fontes de poder de elevada tecnologia foram usadas no antigo Egito. Essa descoberta ameaçou o dogma central de que a confiança na sabedoria em vigor deve ser preservada a qualquer custo, para não perturbar o doce usufruto das mordomias.

Estava ameaçada a crença popular de que o Homo Sapiens atingiu em nosso tempo o ápice do desenvolvimento. Outros já tinham estado ali e atingido esse nível — e então deixaram como testemunho as pirâmides. Foi programado que o conduto seria aberto publicamente com uma câmara de microvideo em março de 1997, depois que o seu conteúdo havia sido secretamente visto pelos poderosos. Informações transmitidas a Richard Hoagland originárias de um "espião" amigável no Egito sugerem que a porta foi aberta em 20 de outubro de 1996, às nove horas da manhã.

Por trás da porta havia uma pequena câmara contendo apenas a estátua de um homem negro sentado, empunhando um ankh. O significado dessa estátua, do ankh e a data detêm a chave para uma tecnologia que governou esse planeta com suprema elegância antes de decair ao longo da espiral evolutiva. O mito moderno da civilização egípcia forjado no século passado, quando os investigadores viajavam em navios a vapor, se estilhaçou com os laser amplificados por cristais. O inventário de lindas gemas confiscadas durante as Guerras das Pirâmides (8970 a.C.) tinha um contexto tecnológico que se soletrava p-o-d-e-r. Importantes fios foram tecidos ao longo do Nilo durante milhares de anos, para se entrelaçar em nossa época com investigadores recentemente banidos do Egito.

Em 1992, John Anthony West e o Dr. Robert Schoch publicaram indicações de que a Esfinge tinha sido erodida pela água no período 7000-5000 a.C., provando desse modo que os monumentos eram mais antigos que a mais antiga dinastia egípcia. O atual povo egípcio migrou para a área da Esfinge e da Grande Pirâmide, já existentes, e construíram réplicas inferiores do que encontraram. Túmulos do Antigo Reino no planalto de Gizé cortados da mesma rocha que a Esfinge não apresentam a erosão aquática da Esfinge. Portanto, a Esfinge deve ser muito mais antiga do que as estruturas do Antigo Reino.

Câmaras abaixo da Esfinge (previstas desde 1934 por Edgar Cayce, o "profeta adormecido") foram descobertas por meio de sismógrafos e ondas de sonar em 1993. Zahi Hawass, do Departamento Egípcio de Antiguidades, negou a interpretação da visível evidência da erosão aquática, bem como a existência de câmaras subterrâneas. O turismo era o sustentáculo multibilionário da economia egípcia, e novas descobertas apontando para uma história das pirâmides anterior aos egípcios foram recebidas com hostilidade.

Enquanto isso, pesquisas empreendidas por Robert Bauval e Graham Hancock, co-autores de Message of the Sphinx (A mensagem da Esfinge) foram apresentadas num documentário da BBC exibido em todo o mundo. O livro, best-seller em 1996, e o documentário chamavam atenção para a negativa do governo egípcio sobre a existência das câmaras. Num confronto do velho estilo, Bauval, Graham Hancock e John Anthony West foram expulsos do Egito no ano passado. (Para ter certeza de que sua posição era inequívoca, membros do Departamento de Antiguidades ameaçaram cortar as cabeças dos pesquisadores e defecar sobre elas!)

Essa não era a primeira vez que o governo egípcio bania pesquisas que punham em risco sua afirmação de que seus ancestrais haviam construído aqueles antigos monumentos. Após conduzir uma equipe de pesquisa em Saqara, onde foram feitas importantes descobertas acerca do ankh, o Dr. Lawrence Kennedy fora banido do Egito em 1980. Kennedy ganhou o status de persona non grata quando tirou fotografias da imagem de um UFO em forma de charuto numa parede que permanecia fechada ao público desde 1922.

Mas o destino estabelece seu próprio terreno de jogos, e as pesquisas do Dr. Kennedy em 1980 tinham desvendado o ankh. (1) Observando que o ankh era o único símbolo-chave não associado a um hieroglifo, ele levantou a hipótese de que não se tratava de uma forma de linguagem, mas de um objeto ou instrumento real. Representações do ankh sempre o mostravam sendo entregue a um faraó por uma divindade, ou sendo entregue ao povo pelo faraó. O ankh, o antigo símbolo de Vênus, era um instrumento dado a um faraó por um deus. Kennedy suspeitava de que o ankh fosse usado para ativar o tímus, que controla o processo de envelhecimento.

Realizando experimentos com combinações de metais empregados pelos egípcios, o Dr. Kennedy desenvolveu um ankh que produzia mudanças tangíveis na energia humana, visíveis nas fotografias Kirlian. O ankh que ativa a energia humana sutil era feito de ouro, prata e cobre entrelaçados numa haste de cristal. A estátua de um homem empunhando um ankh no seu colo mostrava sua posição quando presumivelmente ele ativa o corpo humano. Modelos viáveis do ankh com uma haste de cristal corroboraram a tecnologia de cristal da Atlântida descrita por Edgar Cayce.

Ao longo de 30 anos, por meio de uma série de palestras privadas, Edgar Cayce descreveu a civilização da Atlântida, um continente que submergiu no Oceano Atlântico. A fonte de energia para a tecnologia atlante descrita por Cayce eram os "cristais de fogo" que acumulavam o calor da atmosfera. Essa energia armazenada era em seguida distribuída através da malha da Terra para o benefício do público, o que incluía o fornecimento de energia a submarinos e aeronaves. A partir do auge da civilização atlante, 50000 anos atrás, três cataclismos que se estenderam por 28000 anos quebraram o continente, formando uma cadeia de ilhas; o afundamento da maior ilha, Poseidon, ocorreu em 10500 a.C.

O primeiro cataclismo foi provocado quando os indivíduos responsáveis por ajustar a freqüência da malha da Terra acidentalmente a sintonizaram num nível elevado demais. Há cerca de 22000 anos, a energia anteriormente usada para propósitos pacíficos foi desviada para armamentos, o que provocou o segundo cataclismo. Um raio penetrou com violência na superfície do planeta, rompendo uma placa tectônica no Oceano Atlântico e quebrando o continente em várias ilhas.

O desaparecimento final das ilhas veio após milênios de conflito entre os sacerdotes de Baal, que introduziram sacrifícios, e os sacerdotes da Lei do Uno. Como a cadeia de ilhas afundou no decorrer de milhares de anos, nos últimos séculos da Atlântida foram feitas migrações para o Egito, a China e a América Central. Pirâmides nesses locais, algumas descobertas apenas nas últimas décadas, dão testemunho das palavras proféticas de Cayce.

Mica em Teotihuacán

Remanescentes de uma pirâmide mais antiga além da Pirâmide do Sol em Teotihuacán, perto da Cidade do México, fazem o uso comprovado daquele sítio recuar até 4000 a.C. Os centros da pirâmide tornaram-se o núcleo de uma metrópole que abrigava mais de 25000 pessoas, antes que o complexo inteiro fosse coberto com toneladas de detritos e abandonado, por volta do ano 1200. As estruturas do templo que antes existiu nos níveis do topo das pirâmides em degraus foram removidas, juntamente com suas balaustradas codificadas e ornamentos, deixando apenas terraços. Todavia, uma camada de mica no nível do topo da Pirâmide do Sol, que servira como piso de um templo, foi deixada no lugar. A mica é um isolante com elevada resistência elétrica, capaz de diminuir a velocidade dos neutrinos numa reação nuclear. A mica teria de ser trazida para Teotihuacán a partir de uma fonte desconhecida. Várias centenas de metros ao sul da Pirâmide do Sol, foi deixada intacta uma pirâmide de mica.

Um isolante usado com tecnologia da Atlântida havia sido mencionado por Edgar Cayce como similar a outro isolante que estava sendo desenvolvido na Inglaterra em 1932. O abrigo de cristais de fogo sob tetos em forma de domo, como descreve Cayce, poderia explicar a necessidade das qualidades únicas da mica em Teotihuacán. Uma tecnologia baseada em cristais que forneciam energia a aeronaves e submarinos poderia explicar por que os maias usavam rodas em brinquedos, mas não em veículos. Como se poderia esperar em uma tecnologia dessa ordem, elementos avançados de matemática e de geometria caracterizavam o complexo da pirâmide.

A sofisticação do projeto de Teotihuacán foi reiterada e decodificada em 1993 por dois círculos norte-americanos de plantação que formavam um triângulo com as pirâmides, com lados iguais de 2160 milhas. O número 2160 era a chave para se decifrar o comprimento enigmático da avenida sagrada de 2268 hunabs. Hunab é o termo maia para "medida", dado a unidades métricas fatoradas com a raiz 12ª de 2 pelo engenheiro norte-americano Hugh Harleston. Correlações métricas na pirâmide não são surpreendentes, porque o moderno sistema métrico foi adotado após a Revolução Francesa, a partir de medidas egípcias.

No entanto, intervalos da raiz 12ª de 2 são uma afirmação brilhantemente simples de uma disposição complexa exclusiva de Teotihuacán. Das muitas pirâmides existentes em todo o mundo, a Pirâmide do Sol é a mais semelhante à Grande Pirâmide nos elementos fundamentais do seu projeto. Os mesmos números apresentados em polegadas piramidais na Grande Pirâmide foram apresentados em hunabs com a raiz 12ª de 2 em Teotihuacán para mostrar uma escala de intervalos. As escalas musicais são descritas pelas fronteiras de intervalos que definem freqüências, com uma nota se tornando a nota seguinte. A escala ocidental de música é definida ao se multiplicar cada nota pela raiz 12ª de 2 (1,059463), numa escala de intervalos iguais que pode ser rastreada até Apolo, através de Pitágoras, na pré-história da Grécia.

Simbolizado por um cisne (a estrela Cygnus de cinco pontas em Lira), Apolo era o mentor de Pitágoras, o pai da matemática moderna. Embora os pitagóricos não adorassem uma divindade por si mesma, eles reverenciavam Apolo, que inventou a cítara, precursora da guitarra moderna. A música expressada como matemática era exemplificada na tabela pitagórica de séries harmônicas e sub-harmônicas recíprocas e na música pitagórica das esferas. As razões e intervalos harmônicos pitagóricos aplicados a um grande ciclo de 26000 anos foram afirmados como uma escala na avenida sagrada de Teotihuacán. Em números efetivos, o Grande Ciclo de 26000 anos foi reduzido a 25920 devido à precessão dos equinócios e dividido por 12, com um resultado de 2160 anos (uma era cósmica).

O intervalo harmônico de 2160 anos foi inscrito no comprimento da avenida sagrada em Teotihuacán pela raiz 12ª de 2 (2160 x 1,05 = 2268). Coerentemente, este número se manifestou no comprimento das paredes em redor da área cerimonial central de 378 hunabs, que é a circunferência de um círculo fatorada com a raiz 12ª de 2 (360 x 1,05 = 378). Além disso, uma extraordinária harmonia foi produzida na área cerimonial pelos numerosos triângulos pitagóricos 3-4-5. Como aconteceu no planalto de Gizé, Teotihuacán foi projetada por mestres arquitetos que deixaram seus monumentos para os povos nativos.

Os segredos dos cristais de fogo e da energia transmitida sem necessidade de cabos por meio da malha da Terra transformariam o mundo moderno. Quem quer que possuísse essa tecnologia teria assegurado o domínio militar e econômico... e então aconteceu que um espião, escondido perto da Grande Pirâmide de iniciação, subornou um guarda para ter acesso aos segredos das câmaras, na manhã de 20 de outubro de 1996.

20 de outubro e 5 de dezembro de 1996 foram as duas datas a que chegou Richard Hoagland, quanto à ocasião em que as câmaras no planalto de Gizé poderiam ser abertas. Essas datas se baseavam em alinhamentos planetários visíveis da Baía da Tranqüilidade na Lua, usados pela NASA para uma missão lunar da Apollo. Isso significa que, se uma pessoa estivesse na Lua, poderia observar um alinhamento de planetas em datas específicas, associadas ao planalto de Gizé e utilizadas pela NASA. Hoagland tinha anunciado apenas a data de 5 de dezembro como um momento provável para a abertura das câmaras em Gizé, sem fazer menção a 20 de outubro. Numa confirmacão da sensibilidade em relação à data, o guarda presente na Grande Pirâmide quando foi filmado em vídeo o conteúdo das câmaras perdeu o emprego.

A data de 20 de outubro foi confirmada, além disso, pela seqüência de sítios da rede TimeStar ativada nas fases de 13 dias de eclipse lunar (The Once and Future Earth, Duran2). Os sítios triangulares TimeStar foram identificados a partir dos números e da geometria do calendário maia inscritos nas pirâmides em Teotihuacán. A rede diretamente ao sul da Grande Pirâmide foi ativada por 13 dias, de 26 de setembro a 9 de outubro, depois de um eclipse lunar em 26 de setembro. Na fase seguinte de 13 dias, o triângulo da rede contendo a Grande Pirâmide foi ativado de 9 a 21 de outubro. A faixa de 6 graus na qual está situada a Grande Pirâmide foi ativada em 20 de outubro, com o símbolo do calendário para "feiticeiro". A seqüência geral para essas datas foi publicada em agosto de 1996, mas não designou dia após dia a seqüência de latitudes que foram ativadas.

A data de 20 de outubro para a abertura da câmara e do seu conteúdo, confirmada por duas fontes totalmente independentes, aponta para extraordinários esforços para se apoderar da alta tecnologia de civilizações perdidas. Os registros dessas civilizações que talvez estejam depositados abaixo da Esfinge pertencem ao domínio público. Hancock e Bauval sugeriram que a UNESCO ((a sigla em inglês da Organização Educacional, Científica e Cultural das Nações Unidas) é amplamente qualificada para fazer a mediação de interesses mundiais.

Embora seja verdade que a Esfinge e a Grande Pirâmide repousam no solo egípcio, também é verdade que indícios numerosos mostram que os egípcios não construíram os dois grandes monumentos. A preocupação de Hancock é que, enquanto o governo egípcio afirma que não existe nada sob a Esfinge para ser aberto, as evidências afirmam o contrário. Ainda que os cidadãos do Egito concordassem individualmente com Hancock e Bauval, o violento clima político do país muçulmano impediria um apoio aberto. Os direitos dos egípcios de controlar sua própria terra devem ser respeitados, e o mesmo acontece aos propósitos dos construtores da pirâmide para com as futuras gerações.

A espiral da evolução que vacilou na Atlântida deve ascender novamente, ao se reconhecer o direito que cada pessoa tem de participar de escolhas que envolvem o destino humano. Uma vez que o orçamento da Organização das Nações Unidas se baseia em dinheiro pago pelos cidadãos do mundo, todos nós temos legitimamente algo a dizer sobre o que é feito na ONU ou por meio dela. (4) Cada pessoa pode desempenhar a sua parte em fazer da cooperação um paradigma planetário.

NOTAS

1. É possível encomendar informações sobre ankhs com o Dr. Lawrence Kennedy, Starline Unlimited, pirâmide #1-2nd Avenue East, Suite C, Polson, Montana 59860.

2. The Once and Future Earth ($13 + $3 de despesas de remessa) e TimeStar Earth Watch ($8 + $1 de remessa), de Krsanna Duran, podem ser encomendados em The Apollo Bookmart, P.O. Box 639, Yelm, WA 98597. E-mail: timestar@aol.com. Para os mapas da rede TimeStar, procurem o site da Web do boletim (newsletter) Project Earth.

3. O fone e endereço da UNESCO é (212)963-1234; UNESCO, DEC-2 Building, New York, NY 10017.

4. A Organização das Nações Unidas é uma entidade que, na década de 1960, efetivamente ajudou a devolver aos povos indígenas dos Estados Unidos o direito de realizar suas cerimônias tradicionais. Quando o governo norte-americano protestou frente à perseguição soviética aos judeus, a União Soviética respondeu que gostaria de conversar sobre os processos judiciais contra os americanos nativos devido à Dança do Sol. Isso chamou a atenção do mundo para a supressão de práticas religiosas nos Estados Unidos e resultou na restauração dessa cerimônia indígena.

Fonte: http://www.amaluz.com.br/arquivo/1997/52_1.htm
avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  neferis em Seg 27 Jun 2011, 11:50 pm

Olá Amigos.
Interessante essa reportagem.
Especialmente essa passagem.
Por trás da porta havia uma pequena câmara contendo apenas a estátua de um homem negro sentado, empunhando um ankh. O significado dessa estátua, do ankh e a data detêm a chave para uma tecnologia que governou esse planeta com suprema elegância antes de decair ao longo da espiral evolutiva.

Qual o significado desse simbolo que ficou oculto dos olhos humanos por tanto tempo?
Porque um homem negro?
Não estaria esse simbolo(homem negro) aludindo ao elemento quimico carbono?
O ankh representa a transformação do humano ao angelico.
A transformação do dna carbono em um dna cristalino incandescente.
O fogo vivo.
O homem em corpos de padrão superior.
O que o homem não é capaz de deter ele põe a destruir como fez em Atlantida com o mau uso desses elementos.
A ansia de manipular forças sem o consentimento do self superior leva a desastres puramente quimicos onde as aberrações acontecem e onde se forma anjos, forma-se também a antítese desses. Não há como controlar uma aberração recriada cuja força é superior a inteligencia humana. Ela facilmente a dominará e levará todos a aniquilação de si mesma.
Essa é a prova do que ocorreu no passado. quiçá não façam o mesmo no presente.
Paz para todos.
Neferis.


avatar
neferis

Mensagens : 242
Data de inscrição : 31/10/2010
Idade : 54
Localização : Paraiso Terra

Ver perfil do usuário http://portalparajesus@blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  mmartins em Ter 28 Jun 2011, 1:26 pm

Néferis,

Voce disse:

O que o homem não é capaz de deter ele põe a destruir como fez em Atlantida com o mau uso desses elementos.
A ansia de manipular forças sem o consentimento do self superior leva a desastres puramente quimicos onde as aberrações acontecem e onde se forma anjos, forma-se também a antítese desses. Não há como controlar uma aberração recriada cuja força é superior a inteligencia humana. Ela facilmente a dominará e levará todos a aniquilação de si mesma.
Essa é a prova do que ocorreu no passado. quiçá não façam o mesmo no presente.


Atlatida era uma nave. Nada de mau acontece a nós se não permitimos. Tudo que estamos vendo é permitido por nós.
Lembre-se, querida, DEUS não julga.

O tempo se esgora rapidamente e pouca gente percebe toda a manipulação.
Tem até um crop na itália anunciando a volta de ENKI, está tudo pronto.

Tomem cuidado, o Blue Beam já está funcionando à toda prova.

PAZ

avatar
mmartins

Mensagens : 228
Data de inscrição : 31/10/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ÚLTIMAS DA CIÊNCIA E ASTRONOMIA

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum